Trilhas na Praia do Rosa encantam os aventureiros

Há muitos caminhos e trilhas na Praia do Rosa para se percorrer a pé ou de bike e chegar às localidades menos exploradas da região.

O estado de Santa Catarina possui lugares de baixa e de grande altitude e diversidade de formações vegetais, o que favorece a ocorrência de diferentes climas. Enquanto na região da Serra, a altitude e o relevo montanhoso favorecem as baixas temperaturas, no litoral, o relevo mais plano propicia um clima ameno. A restinga, o mangue e a mata Atlântica são as principais vegetações litorâneas em Santa Catarina.

A mata atlântica predominante no litoral tem uma biodiversidade surpreendente. São mais de 1.300 espécies de mamíferos, aves, répteis e anfíbios, e 20 mil espécies de plantas. É a floresta mais rica do mundo em espécies arbóreas. Influenciada pela umidade do Oceano Atlântico, as florestas presentes no litoral são densas com árvores grandes e mata fechada.

É exatamente essa complexidade o principal fator que tanto atrai esportistas e naturistas para a prática de trilhas. Tanto na capital Florianópolis como em outras praias ao norte e ao sul, a prática de passeios por diferentes tipos de trilhas em morros, florestas, dunas, pedras, riachos e outras formações da natureza é muito comum.

Porta Retrato

Trilhas na Praia do Rosa

Em Santa Catarina, apesar do desmatamento para abertura de cidades e estradas na região do litoral, nos últimos tempos vem ocorrendo significativa regeneração natural das florestas.

Na região de Imbituba onde estão algumas das praias mais bonitas do estado, a natureza oferece grandes áreas com vegetação intacta o que atrai muitos turistas em busca de trilhas de aventura. Situada a 70 Km ao sul de Florianópolis, a Praia do Rosa é uma baía com de água cristalina rodeada de morros, lagoas, ilhas e mata nativa. Mundialmente conhecida por suas ondas ideais para o surf, wind surf e kite surf, a natureza da Praia do Rosa, ainda bastante intacta, oferece diversos caminhos, estradas e trilhas, lugares reservados para pessoas com espírito de aventura.

Além das trilhas na Praia do Rosa, o acesso a algumas praias vizinhas pode ser feito através de trilhas de nível leve. As mais conhecidas são:

trilha praia vermelha praia do rosa

Trilha da Praia Vermelha

Para chegar até a trilha é preciso contornar o costão Norte da Praia do Rosa. O caminho é bem sinalizado, com trechos de Mata Atlântica nativa e visual incrível. O ponto final, depois de cerca de meia hora de caminhada, é uma praia praticamente deserta.

Trilha da Praia do Luz

Localizada no costão Sul, o percurso proporciona belas panorâmicas da ilha do Batuta e das praias de Imbituba. Uma vez na Praia do Luz, não deixe de ir até a lagoa de Ibiraquera e na volta a parada obrigatória é na Praia do Portinho, uma colônia de pescadores que conserva elementos da pesca artesanal.

Caminho do Rei

Também chamado de Caminho do Alto do Morro, é o trajeto que visitantes fazem entre bosques de mata nativa para chegar ou sair das pousadas e restaurantes, com trechos calçados e de chão batido. Ao longo de 1,5 km de subida e descida da trilha, coloridos jardins com árvores floridas como a capuchinha e os bougainvilles encantam os visitantes. No final do caminho você ainda encontra uma boa estrutura de restaurantes com cardápios variados.

Trilha no Canto Norte

Situada na ponta norte da Praia do Rosa, o começo da trilha é fácil, sobre uma passarela de madeira, mas à medida que avança vai ganhando dificuldade ao contornar o costão diante do mar. São cerca de 3 km de subidas e descidas até chegar na deserta Praia Vermelha. Em todo caminho a sinalização é boa, com setas e degraus. Para não cansar rapidamente e também para apreciar os contrastes do mar azul com o verde da vegetação, o melhor é ir fazendo paradas ao longo da trilha. Na primeira parte da trilha, no alto, é possível avistar os surfistas pegando onda no Canto Norte. Mas atenção: não há bares no trajeto, só mata nativa, bromélias e cactus, entre outras espécies. Então vá preparado, leve muita água, lanche e protetor solar.

eco-trilha-praia do rosa

Trilha no Canto Sul

O início da trilha fica no final do Caminho do Rei, já no alto do morro do Canto Sul da Praia do Rosa. Ao final de 2,5 km de caminhada, a recompensa é uma paisagem de diferentes ecossistemas, com as ondas da Praia do Luz, a barra da Lagoa de Ibiraquera e a Ilha do Batuta. Vale a pena espichar a trilha até o restaurante Tartaruga, especializado em camarões, e que tem o teto todo decorado com pranchas de surfe.

Caminho entre Praia do Rosa e Garopaba

Para aqueles trilheiros mais experientes, uma dica incrível é fazer o caminho entre a Praia do Rosa e Garopaba passando ao longo das praias Vermelha, do Ouvidor e Ferrugem, entre outras. Com paisagens incríveis, o percurso pode durar de 2 a 3 horas.

Para quem começa a trilha pelo canto norte da Praia do Rosa já no início encontra algumas rochas na base do morro. A partir daí são 3 morros ao redor das praias a serem ultrapassados. A vista de uma sequência de praias é uma das paisagens mais bacanas de todo percurso e fica na Praia do Ouvidor, antes de chegar na Praia da Barra. O caminho todo é longo e cansativo. Por isso é melhor fazer somente a ida ou a volta, fazendo um dos trechos de carro.

Como é fácil de ver, a natureza nativa oferece trilhas incríveis na Praia do Rosa e em toda região.

Além dessas, é possível descobrir vários outros caminhos nas matas que cercam as praias. Algumas pousadas localizadas na beira da Praia do Rosa oferecem trilhas exclusivas para percorrer por entre a mata até o mar.

Comentários